Uma análise midiática sobre comédias românticas

Na segunda parte da análise, peguei os dois filmes com mais sucesso desta época, ambos originais do netflix e que possuem um grande público tanto adulto quanto teen. “A barraca do beijo (2018)” conta a história da adolescente Elle (Joey King) que se envolve com o irmão de seu melhor amigo (Jacob Elordi). Em “Para todos os garotos que eu já amei (2018)” a protagonista (Lana Condor) tem suas cartas de amor para cinco garotos diferentes enviadas e a partir disso começa um namoro de mentira com um d

Inspiração Lolita: Uma análise sobre a romantização midiática

No livro, o leitor tem plena consciência de que se trata da pedofilia e do abuso sexual, ainda que o narrador seja o próprio Humbert. Porém as adaptações cinematográficas, tendem a transformá-lo em um homem apaixonado que não tem controle de suas ações e a vítima de pedofilia acaba se tornando um sex symbol. No filme Lolita (1962) dirigido por Stanley Kubrick, a visão em primeira pessoa leva o espectador a criar desculpas para as ações repugnantes de Humbert Humbert. Bem como em outras adaptaçõ
Close